2004-04-17

Não consigo vê-lo!

Não consigo vê-lo!



Quebra a vaga, o silêncio
Que escorre na noite langue.
Sentir-se preenchido pelo vazio,
A alma esvaindo-se, exangue...

Só nada menos que nada!
Há só ausência, tormento.
Tudo me transtorna, enfada,
E o cheiro é bolorento!

Por favor, deixa-me fazer uma oração
Rebentar em lágrimas e dizê-lo:
Tenho aqui dentro uma ferida no coração,
E Deus, já não consigo vê-lo!

1 comentário:

Porcelain Doll disse...

Bad things are not the worst things that can happen to us. Nothing is the worst thing that can happen to us! (Richard Bach)

Não te assustes... é apenas o passado a querer passar... é porque a mudança é radical que há tumulto... é o tumulto que não te deixa ver Deus... mas ele está lá, sempre, olhando por ti...

Que as tuas feridas sarem bem depressa... :)

Beijos!!