2013-04-25

O nosso Abril!



No mais lindo dia dum Abril cheio de cor
Aquele que abriu a janela da esperança
Quero declarar-te o meu amor
E a minha covardia nesta dança

Nessa primavera sem dia
Quero dizer que o meu amor
É sangue, é dor
E estou em hemorragia

Mas também há esta covardia
De não ter força na vontade
De construir a alegria
Cantar um hino à liberdade

Sou traidor do povo
Que me traiu a mim
Transformar-me em homem novo,
Erguer os braços em nova manhã assim

Mas não me importa nada
O que traz a madrugada
Porque esperando aqui
Só me importa que te traga a ti!

2 comentários:

Ninna Lollitta disse...

Não há cobardia em aguardar o momento certo de fazer as coisas... :)

Andas inspirado! Beijinhos!

Tétisq disse...

Claro que tenho gostado!
O 25 de Abril traz saudades de coisas que se sonharam mas não se viveram.