2013-11-18

Estar Errado


Estou errado muitas vezes:
Errado de manhã por acordar.
Errado à noite, de cansaço.
Passam dias e muitos meses,
E não sei o que faço,
Continuo na mesma, errado;
Como barco que ao invés de navegar,
Está apenas encalhado!

Quem és tu que apontas o dedo?
Sei que erras também, é o teu medo!
Será mais fácil se seguirmos os dois,
Olhos abertos como faróis!
A nódoa cai no melhor pano!
Pelos caminhos da vida em correria
E se errar é humano,
Se não errasse o que seria?

3 comentários:

Sónia M. disse...

Só uma alma madura escreve assim. Gostei muito.

Maria Eu disse...

E não erramos todos uma e outra vez? Assim aprendemos.

Arco-Íris de Frida disse...

Nao tem como nao errar... errar faz parte do crescimento...