2007-09-29

Paz Eterna



Esperava-se paz,
E não veio nenhuma paz!
A dama negra aguarda,
Foice na mão,
Paciente e sedenta,
Não se cansa!

Sorve o suspiro vão,
A luz que escoa,
Os passos que terminam.

Sorrio-lhe…
E como é mulher,
Também ela me despreza!

Há um lugar vazio
E mesmo vivo,
Sabe que sou dela,
Tem-me seguro!

22 comentários:

Rosa disse...

"O rei vai nu" ?

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

poesia?

*************;)

Olhos de mel disse...

Belo poema, Mitro!
Beijos

CARLA disse...

Lindo poema...gostei!
abracinhos.

ivone disse...

"um adeus sem adeus" no meu blogue. " o haver" também no mesmo. "tenho de aprender a saber lidar com a morte" disse eu lá. porque com a dor já o sei eu de cor. tenho reflectido bastante nestes últimos tempos sobre essa senhora. ainda não é a minha mais recente namorada...há tantas incertezas na vida. a única certeza é que estamos ainda vivos e que nos resta um dia a dona senhora morte. nunca estaremos preparados para esse encontro marcado. e mesmo se pensarmos que estamos será sempre uma surpresa! agradável ou não...

Beti disse...

:)
Lindo!
beijo*
:)

Su disse...

não sei lidar com a morte...nem ela comigo............
espera....meeeeeeeeeee

jocas maradas..de bom tempo...

Aleisa disse...

Não acredito que perto de ti haja lugares vazios!!!

Um grande beijo.

Ás de Copas disse...

Poesia Pura e Dura.
Um beijo

Crónica disse...

A morte espera
sempre aguarda
por mim
por ti
e por eles
a morte em poesia
eu adorei
penso mtas xs na forma na qual irei partir para outro plano
um dia sei que parto
um dia eu sei que ela chega
pois aqui
fica explicito que qm espera sempre alcança.

Jinhuz da Crónica

Leticia Gabian disse...

Haverá paz na morte?
Infelizmente, amigo, todos a ela pertencemos.... É a inexorável verdade.

Obrigada pela visita.
Deixo-te um abraço

Suspiros disse...

A nossa única certeza é a morte...

Å®t Øf £övë disse...

mitro,
As mulheres são sempre o problema...
Bom fds.
Abraço.

Olhos de mel disse...

Oie Mitro estou de volta a admirar teu poema, triste, mas muito lindo!
Tenhas uma boa semana!
Beijos

*izil* disse...

Penso que mundo nenhum tem equilibrio...
Ferina*izil*

mixtu disse...

a dama de preto...
veio cá a casa, só lhe pedi para me despedir do pessoal, é o que estou a fazer
jajaja
abrazo europeo

Diva disse...

Digo apenas Amen??
O que e a morte senao apenas... um (re) comeco?
Bjs meus

Kapikua disse...

pa comentar uso a frase mais batida da história "é o que temos de mais certo"
Como tal o melhor é ir distraindo essa dama para ver se ficamos por cá mais uns tempos
Abraço

Sem_Rosto disse...

Hum...
Mórbido ??
Amen
É que ela tb me espera
PS: gostei do poema
*

SF disse...

A ela ninguém escapa...
Beijinhos e boa semana.

tb disse...

espera-nos a todos....

Porcelain Doll disse...

Todas as mulheres te desprezarão, já que o teu coração é demasiado generoso para seres tu a desprezá-las... já que nenhuma poderá ser verdadeiramente tua, a não ser aquela que for a certa.

Ate lá, em todas aquelas que te desprezaram, verás que foi cada uma delas um degrau para chegar ao teu cume... e que em cada uma delas procuraste por uma só... e perceberás que se alguma te tivesse aceite jamais poderias ter encontrado a suprema felicidade...

Não desacredites do amor romântico... fica-te mal... ;-)

Graças a Deus a morte é mulher. Graças a Deus ela não é A TUA mulher. Vai desprezar-te por muito e muito tempo...

Somos todos dela... pelo menos, aparentemente... deixa que a mente se eleve, se quiseres ter vistas diferentes...