2008-02-19

Inútil


Esta imagem é (c) 1995 by David Naquin e foi recolhida aqui

Procurei despojar-me de coisas materiais
E acabei mais pobre

Procurei tornar-me um homem simples
E acabei por me tornar invisível e só

Procurei servir a Deus
E acabei desiludido e vazio

Procurei a alegria de dar
E acabei frustrado e triste

Procurei amar até estourar o coração
E sinto-me mal amado

Procurei ser um homem melhor
E sou plenamente inútil!

11 comentários:

cassamia disse...

olá mitro
vim visitar-te econhecer-te.
este teu post levar-me-ia muito longe, não fosse a imagem escolhida pois reporta-me à religião e hoje não me apetece debater ou pensá-la.
voltarei :)

Kapikua disse...

Esse estado de espírito pertence-me algumas vezes!!!

Abraço

sonjita disse...

Viver é procurar cinstantemente um equilibrio... paz interior, amor, desejo, realização... todos passamos por fases menos boas por momentos que desejamos é desparecer deste mundo mas, mesmo nos piores momentos, nunca seremos inuteis... há sempre uma razão para permanecermos.
Gostei do texto
BJoka

Storm disse...

andas um pouco desiludido com a vida, não?
espero que passe rápido...

Storm disse...

mas quanto a seres inútil, bão acredito. A tua poesia é um alimento para a alma, só por isto vales a pena :)

Å®t Øf £övë disse...

Mitro,
Se não nos sentirmos estabilizados, e bem connosco, nunca poderemos atingir nenhum desses objectivos.
Abraço.

Storm disse...

passei para deixar um sorriso, um beijo e votos de uma boa semana.
Fica bem :)

Aleisa disse...

Procurei...

Está na altura de me procurarem...

Beijos

Emanuela disse...

Noooossa! Foste mesmo tu que falaste isto, ou fui eu que soprei aos teus ouvidos? O que sinto foi transmitido de forma fantástica por ti.
Parece mesmo que nos encontramos!
Um abraço

tb disse...

Se calhar não encontraste ainda o lugar certo onde procurar :)quando o fizeres, saberás que não és inútil.
abrinhus

Porcelain Doll disse...

És simplesmente demasiado duro contigo mesmo... ninguém é inútil... e se um dia procuraste acertar, ainda que te pareça não teres acertado, não te assustes... são apenas degraus... no caminho para aquilo que sempre procuraste e desejaste... um dia descobrirás não só que acertaste, mas mais importante que isso, de que forma acertaste... é que acertar pode ser antes de mais, uma questão de perspectiva...

Despojar-nos das coisas materiais enriquece-nos apenas e só quando isso implica rechear o nosso interior de amor, compaixão e sabedoria... e isso pode existir com ou sem bens materiais...

Tens uma alma simples, tal como o são as almas generosas como a tua... serás invisível apenas para os desatentos e pobres de espírito... e isso constitui uma vantagem para ti!!

Não estás só... jamais estarás só...

O verdadeiro servo de Deus é aquele que é fiel a si mesmo e à verdade... e a um servo dedicado, Deus não nega verdade e sabedoria... a desilusão e o vazio, são como a maré que recua, antes da onda inundar a praia, recheando-a de alegria.

Fizeste bem em amar ao limite, mas devias ter ficado no ponto exacto antes de estourar o coração... talvez te sintas mal amado, mas nunca o foste, nem és... e procurando ser um homem melhor, ainda que não te apercebas, tornar-te-ás nesse que procuras, não de um momento para o outro, mas cada dia um pouco mais... ama-te a ti próprio e verás esse amor espelhado no amor dos demais..