2008-04-19

Bateu asas


imagem tirada daqui

Abri a gaiola
Do peito,
Deixei o pássaro livre.
Espreguiçou as asas;
Como se não houvesse
Pressa.
Olhou para mim,
Sabia que eu
Não podia voar!
Bateu asas,
E a minha alma
Voou com ele!

16 comentários:

Catarina Ferreira disse...

A salvação da humanidade depende sempre das mulheres. Até Deus, para ter um descendente, precisou de uma mulher mas não de um homem. =)

Joana Dalila Santos disse...

Deixa voar. Se voltar é porque realmente era teu.

sonjita disse...

Que voe com a tua alma e que no regresso te conte o que viveu...
é bom quando abrimos portas para o mundo e nos deixamos voar nele, mesmo que fiquemos no mesmo sítio.
BJokas

Fúria das Águas disse...

É tão bom sentir a alma voar.
Visitando para matar as saudades dos amigos querido Mitro.
Um beijo
Furia

Storm disse...

ia escrever o mesmo que a Joana.
contente por ler-te.
Resto de boa semana :)))
beijo

Perla disse...

E voa, voa, para onde te levar o sonho...
Mas volta ;)

Bjs

Å®t Øf £övë disse...

Mitro,
O importante é termos a capacidade de deixar voar a nossa imaginação, e a nossa alma, na impossibilidade de o podermos fazer fisicamente. Esta pode ser uma forma de não se perder tudo.
Abraço.

tb disse...

voar sem tempo nem pressas até ao infinito de nós...
abrinhus

Emanuela disse...

Ainda que o corpo esteja completamente preso ao chão, sempre podemos deixar que voe nossa alma. E que os sonhos jamais se acabem...
Abraços

LP disse...

As asas da alma, essas ninguém nos pode cortar!

Parapeito disse...

...E que possas voar até ao Infinito e mais Além...

Gostei de voar até aqui **

Nelita disse...

Adorei :)

Mª Teresa Antunes disse...

aliviado?

Sayuri disse...

Primeiro agradecer a visita feita pelo meu caminhar... depois, apenas para soletrar...

a...d...o...r...e...i...!

Assim, vale a pena!

Que os nossos voos se encontrem de vez em quando.

Porcelain Doll disse...

A gaiola do peito jamais será suficiente para prender o pássaro que tem ânsias de liberdade... uma ânsia sem pressa, talvez por saber que a liberdade lhe pertence por direito... o teu corpo não pode voar, mas tu não és apenas o teu corpo... és muito mais a a tua alma... e essa pode voar... e essa voou um dia e voará para sempre... é uma alma livre que não aceita gaiolas... :-))

A nossa alma disse...

As nossas asas é a nossa alma, com ela, podemos voar e vaguear pelos horizontes da nossa incerteza e ela sim é a nossa liberdade! Nunca nos vai ser retirada, porque é um dão que nos é oferecido e temos que aproveitar do que a melhor em nos que é "as nossas asas da alma".