2009-04-23

Mostrarei Ser


a foto veio daqui

Mostrastes ser um penedo!
Um penedo é mudo, não diz palavra;
Mesmo quando lhe suplicam com convicção.
Um penedo é cego, não vê.
Nem lhe faz qualquer diferença,
Que haja rios de sangue!
Um penedo não tem pena,
Não sente compaixão.
Um penedo não muda,
A menos que o empurrem!
E quando se mexe é sempre destrutivo,
Como o Armagedom por ti prometido!

Queres que faça o quê?
Que te importa?
Não sentes!
Não vês!
Não falas!

Censuras-me?
Tens razão:
Ainda não consigo imitar-Te!
(Felizmente!)

7 comentários:

Erotic Spirit disse...

Amazing anology,
its difficult to deal with "penedos" we get all scraped and bruised trying and trying

:)

Emanuela disse...

Olá amigo... gostei muito de te rever por aqui. E falando palavras muito bem faladas... qualquer dia hei de pedir-te este poema emprestado para publicar lá no meu canto.
Beijinhos e sê bem vindo!

Porcelain Doll disse...

Ele jamais te censurará... é Ele quem te pede esta renovação...quer que te renoves apenas... e já é muito mais do que pede à maioria... fá-lo por ti, pois sabe que és um filho especial...

Beijo

Bianca Feijó disse...

Sem censura!

Gostei da sua casa!

Parabéns!!!

B.E.I.J.O.S

O Árabe disse...

Bem dito: felizmente! Eis que os penedos apenas nos dificultam a caminhada... :) Boa semana.

Silenciosa Tormenta disse...

olá!

Vim agradecer a visita.

Pensa nos momentos de felicidade que tiveste ao longo da vida, ou em algo q te faz Feliz! quando estás perante um asituação menso boa e vais ver que tudo te corre bem e as dúvidas dissipam-se.

Beijos!:)

Å®t Øf £övë disse...

Mitro,
Um penedo é tudo isso que dizes, mas infelizmente há quem tente, e se consiga aproximar bem de um penedo, e não é nada fácil quando temos que lidar com alguém assim, que simplesmente não reage, ou pelo menos parece não o fazer.
Abraço.