2010-04-07

Alquimia


Há substâncias que nenhuma química consegue ligar;

Incompatibilidades, que ninguém consegue vencer!

São como ventos contrários, numa vela esburacada.

Quando querias que importasse, não importa nada!


Há efeitos enganosos, miragens feitas pelo calor.

Pensas que o que vês, é o que parece, e não é.

Há caminhos, que nunca se deviam trilhar a pé,

Ausências, que já não conseguem causar dor!


Porque me perguntas se está tudo bem?

Se de facto me conhecesses, saberias,

Que desapareço no contar dos dias,

Que afinal, são os teus também...


Nesta química insuportável que nos separa,

Há este desejo intenso de me aproximar!

Contudo, há uma força que me pára,

Uma alquimia retorcida de afastar!


5 comentários:

Porcelain Doll disse...

Tranquiliza a tua alma... pois o que separa um desejo da sua concretização é energia apenas... os obstáculos foram feitos para serem transpostos... :) No contar dos dias apenas nos acrescentamos... já que a nossa essência jamais desaparece; a consciência traça um caminho oposto ao da matéria; é a matéria que se some; a consciência - tu, nunca se some... pode um dia ficar esquecida, mas a transformação que sofre não é radical como a da matéria... Neste mundo qualquer coisa que avistemos não passa de miragem... cabe-nos a nós escolher a miragem de maior qualidade, mas ainda assim não deixará de ser uma miragem... :) A vantagem é que nas miragens, como nos sonhos, podemos viver realidades... assim sintamos que são realidades...

A resposta? Fé. Esperança. Um dia compreenderás que jamais são em vão... e há sempre motivo para as termos...

Ivete disse...

Que dor!
"Pior mesmo é quando fica dormente..."

Beijos

Maria, Simplesmente disse...

Acredito que todos nós passemos essa fase na nossa Vida...!
Bom domingo
Maria

Å®t Øf £övë disse...

Mitro,
É caso para dizer que por vezes para a alquimia funcionar, quando não há quimica, há que apelar á fisica.
Abraço.

tb disse...

Abrinhus. Gostei da ideia. Vou pensar nela. A tua técnica como sempre, boa. :)