2007-07-10

Já não quero saber...


foto daqui

Há caminhos batidos demais,
Não os queres, mas é por eles que vais!
Mãos que querem tocar para além,
Um desejo sem mal,
Que não produz nenhum bem!
O que te resta afinal?
Nada resta,
Nesta aventura que não presta!
Poção amarga pra beber,
Água de nenhum rio…
Há um toque frio,
Que nos estremece,
Nesta alma que arrefece!
E depois? Podemos aprender?
Já não sei…
Já não quero saber…

3 comentários:

tb disse...

restas tu e a tua poesia. e talvez eu...
beijo

~the girl with no name~ disse...

Olá... desculpa a invasão, mas adorei o teu blog, os peomas... estão lindos.. parabéns.. :D

~the girl with no name~ disse...

Olá... desculpa a invasão, mas adorei o teu blog, os peomas... estão lindos.. parabéns.. :D